Esse é o meu universo: o que eu ouço, o que eu penso e o que eu vivo.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Um Dia Com os Mortos


Hoje é Dia de Finados.
Festeje, dance.
Você tem todo o tempo do mundo
E não tem tempo nenhum.
Esse é o processo criativo
Que o homem pensa que vai torná-lo imortal.

Mas o que é a Morte?
Por que tememos os seus dedos frios,
ossudos e sedutores?
É apenas um passo.
Outra placa na viagem.
Pelo caminho menos usado.

Esse jogo que chamamos de vida
Terminará rapidamente
E não há nada que possamos fazer
Para que dure mais do que deve durar.
Beba a taça toda, peça um bom vinho.
Vamos nessa!

As crianças já se foram
Não há risos, também não há lágrimas.
Todos vamos para o mesmo lugar,
Que não é lugar algum.
Então tempere essa receita curta
Que se chama vida
E siga o líder,
Qualquer um que você sinta que seja o seu.

Larari larará...

4 comentários:

  1. Trágico e cômico ao mesmo tempo... entenda como um elogio, mas é bem a sua cara mesmo

    ResponderExcluir
  2. Tento nao ter medo da morte.Tenho medo do desconhecido.kkkkk.

    Sobre o post abaixo,tenho amigos virtuais.Fiquem tempos sem entrar no msn e qdo voltei muitos deles continuaram sendo como antes.
    Deixo a frase do Pequeno Príncipe:Tu te tornar eternamente responsável por aquilo que cativas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Passando para te desejar um Feliz Natal.Pare de ser preguiçoso e atualize o blog.huahaua.Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o poema. Alguns dos meus sentimentos estão aí. Parabéns pelo blog e valeu por estar me seguindo. Ah, somos quase vizinhos! haha

    Beijo!

    ResponderExcluir